Shiprock, Novo México


Shiprock, Novo México

Conhecida hoje mais comumente pelo nome Shiprock, a pluma vulcânica erodida do pé 1700 é sagrada para os navaos, pois Tse Bi dahi, ou o Rock with Wings. Esse nome vem de um mito folclórico antigo que conta como a rocha já foi um grande pássaro que transportou o povo ancestral dos Navahos para suas terras no que é hoje o noroeste do Novo México. Os ancestrais de Navaho haviam atravessado um mar estreito ao noroeste (o estreito de Berring?) E estavam fugindo de uma tribo guerreira. Os xamãs tribais oravam ao grande espírito por ajuda. De repente, o chão se ergueu sob seus pés para se tornar um pássaro enorme. Por um dia e noite inteiros, o pássaro voou para o sul, finalmente se estabelecendo ao pôr do sol, onde Shiprock agora está. Os geólogos nos dizem que a rocha foi formada 12 milhões de anos atrás durante o Plioceno. Parece mais provável que a lenda do rock seja uma metáfora que sugere o poder mágico do local de elevar a alma humana acima dos problemas da existência cotidiana para uma consciência do grande espírito. Desde os tempos antigos até o passado mais recente, o Tse Bi dahi era de fato um local de peregrinação de grande importância, o destino de jovens envolvidos nos rigores das missões de visão solitária. A rocha foi escalada em 1939. Desde a 1970, a Shiprock está fora dos limites dos alpinistas, mais uma vez conquistado o respeito pelo local sagrado de Navaho.

Martin Gray é antropóloga cultural, escritora e fotógrafa, especializada no estudo e documentação de locais de peregrinação em todo o mundo. Durante um período do ano 38, ele visitou mais de locais sagrados 1500 nos países da 165. o Guia Mundial de Peregrinação O site é a fonte mais abrangente de informações sobre esse assunto.

 

Shiprock